Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2009

Bolívia recebe apoio técnico do FNDE

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE com informações do Ministério da Educação
  • Sexta, 29 Mai 2009 00:00

ASCOM-FNDE (Brasília) – Uma missão boliviana desembarca em Brasília no próximo domingo para conhecer o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Na manhã de segunda-feira, visitará a sede da autarquia e, à tarde, duas escolas públicas no Plano Piloto, para verificar in loco como funciona o programa na base. No dia seguinte, vai até o município goiano de Formosa para conhecer o projeto Educando com a Horta Escolar, desenvolvido nas escolas públicas locais. A partir de quarta-feira, haverá visitas a escolas e hortas escolares de municípios do Mato Grosso do Sul.

A Bolívia é o 11º país a solicitar cooperação técnica ao FNDE para implementar a alimentação nas escolas públicas, nos moldes do programa brasileiro. Os outros países que firmaram acordo nesse sentido são Haiti, Colômbia, El Salvador, Guatemala, Guiné Bissau, Nicarágua, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Cabo Verde e Suriname.

FAO/ONU – Em 17 de outubro de 2005, o Brasil celebrou, em Roma (Itália), acordo com a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO/ONU) para ajudar países com dificuldades para implantar programas de alimentação escolar e fornecer capacitação aos seus técnicos. A iniciativa da FAO é um reconhecimento à excelência do programa brasileiro, considerado modelo pela comunidade internacional.

Em geral, a cooperação técnica do FNDE se dá mediante visitas da delegação estrangeira escolas brasileiras que tenham alguma semelhança com as do país visitante. A Bolívia, por exemplo, fará visitas a escolas indígenas localizadas nos municípios de Amambaí e Aquidauana, ambos no Mato Grosso do Sul, estado fronteiriço, e que, portanto, possui hábitos alimentares semelhantes aos dos nativos bolivianos.

Na segunda etapa da cooperação, técnicos do FNDE visitam o país para conhecer a fundo os hábitos alimentares da população, a economia e a produção agrícola e alimentícia local e treinar os técnicos de lá até conseguirem desenvolver sozinhos o programa, de forma a combater a insegurança alimentar, principal preocupação da FAO.

Repórter: Lucy Cardoso

Fim do conteúdo da página