Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Programas do livro

MEC amplia distribuição de livros para o ensino médio

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE com informações do Ministério da Educação
  • Quarta, 17 Outubro 2007 01:00

ASCOM-MEC (Brasília) – O Ministério da Educação dobrou a distribuição de livros do Programa Nacional Biblioteca da Escola para o Ensino Médio (Pnbem). Até esta terça-feira, 16, as escolas teriam que escolher 40 obras de sua preferência da lista e receberiam 80 títulos selecionados entre os mais votados de cada estado. Agora, as 17.049 escolas irão receber os 160 títulos divulgados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC).

A ampliação foi possível graças ao aporte de recursos adicionais do Plano de Desenvolvimento da Educação. São livros de física, química, matemática, biologia, filosofia, geografia, história, sociologia, artes, educação física, literatura e quatro opções de gramáticas.

As obras listadas no Diário Oficial da União do dia 15 de outubro foram definidas em uma seleção feita pela Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC), em parceria com a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). A lista dos livros selecionados pode ser vista no sítio do FNDE.

Com o lançamento do Plano de Desenvolvimento da Educação, em abril, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação instituiu o Pnbem. Pela primeira vez, esses alunos serão beneficiados pelo programa.

O FNDE vai comprar cerca de cinco milhões de exemplares, que serão distribuídos para 17.049 escolas e beneficiarão 7.788.593 estudantes. Serão adquiridos 160 títulos, sendo 12 para cada um dos oito componentes curriculares listados, além de 40 títulos de literatura brasileira e portuguesa, dez para artes, dez para educação física e quatro gramáticas de língua portuguesa. As escolas receberão o acervo no primeiro semestre de 2008.

PNBE – O Programa Nacional Biblioteca da Escola foi instituído em 1997 para democratizar o acesso de alunos e professores à cultura, à informação e aos conhecimentos socialmente produzidos. O programa distribui acervos formados por obras de referência, de literatura e de apoio à formação de professores de educação básica.


Manoela Frade

Fim do conteúdo da página